Home‎ > ‎

Dados sobre o Funcionamento da Experiência


Descrição do contexto ou da situação que motivou a realização desta experiência

   O bairro Serra Verde e adjacências estão localizados no vetor norte de Belo Horizonte, numa região de     baixo desenvolvimento sócio-econômico, onde a miséria e a pobreza retratam a realidade da população.

   Problemas como falta de moradia, desemprego, deficiência na área de atendimento médico-hospitalar e   falta de atividades esportivas e culturais são marcantes e determinantes no local. Em vinte e cinco anos, a região de Venda Nova, onde está situado o bairro Serra Verde, perdeu vinte e duas áreas de lazer para a ocupação desordenada e a especulação imobiliária. Importante observar que a construção de conjuntos habitacionais resultou na migração de famílias de baixa renda para a região. A demanda por espaços de lazer e prática de esportes cresceu, mas os espaços não foram devolvidos às comunidades.

   Mesmo com os programas sociais dos governos, que atendem uma pequeníssima parcela da população da região, é bastante preocupante o número de crianças e jovens que passam boa parte do seu dia nas ruas, umas por não estarem matriculadas nas escolas (pais ausentes, por serem usuários de drogas ou estarem presos; falta de vagas nas escolas públicas), outras para se livrarem da violência doméstica (espancamentos e abusos sexuais por pais ou responsáveis, alcoolizados e/ou drogados). E nas ruas, sem orientação e imposição de limites, vivenciam e absorvem experiências que, mais tarde, poderão torná-las adultos violentos. Notícias de assaltos, homicídios e tráfico, praticados por jovens das comunidades locais, são comuns.

   Na região, ainda existe o grave problema da falta de consciência ambiental, tanto dos moradores, que continuam jogando lixo nos córregos, quando da administração pública, que vem autorizando a construção de empreendimentos sem a preocupação da preservação das nascentes e vegetação nativa da área. 

  Sensibilizados com a situação, lideranças comunitárias locais vêm unindo aptidões e esforços para amenizar as conseqüências de toda essa falta de assistência, na expectativa de conseguirem redirecionar as vidas dessas crianças e jovens, como também de adultos, que deixaram de freqüentar os bares para freqüentarem o campo de futebol.


 Descrição da experiência

O projeto PARUBEM tem suas origens na Agremiação de Futebol de Campo do Mila Futebol Clube, fundada em 1970, pelo Sr. Wilson Geraldo Canuto e sua irmã Shirley da Rocha, e registradaem cartório em 1972.

Na época, conseguiram autorização do Sr. Pedro Mota, para ocupação de uma área de sua propriedade (um brejo e uma pequena lagoa), onde fizeram melhoramentos, com mão de obra e recursos próprios, e construíram um campo de futebol com boa parte de grama nativa.

Desde então, apesar do terreno ter sido adquirido por uma construtora (1988), e posteriormente, por uma empresa comercial (1997), as lideranças comunitárias vêm lutando para manter o espaço, não somente para a prática de esporte, mas para preservar as trinta e duas (32) nascentes existentes no local.

O PARUBEM foi concebido no ano de 2003, por Shester Lane de Souza, então presidente do Conselho Fiscal da Associação de Moradores e Amigos da Avenida Coronel Manoel Assunção e Adjacências (AMACMA), tendo funcionado, sem um planejamento, até a criação da Associação Rede Esportiva Social (RES), quando então foi reestruturado.

Seus principais objetivos são: interagir crianças e jovens de 8 aos 13 anos de idade, e adultos acima de 40 anos de idade, com a preservação do meio ambiente sustentável;  instituir e sedimentar a prática de esporte como instrumento de cidadania, educação, disciplina e lazer; afastar e manter essas crianças e jovens longe das drogas, do tráfico e da violência doméstica; afastar e manter os adultos longe dos bares e das drogas.

A reestruturação e planejamento do PARUBEM foi conseqüência da criação da Associação Rede Esportiva Social (RES), em 28 de março de 2007, a partir do anseio de um grupo de líderes comunitários do bairro Serra Verde e adjacências, que acreditaram (e acreditam) que unindo suas determinações e esforços, podem mudar as situações de descaso e violência que vêm acontecendo há muitos anos, na região.

O PARUBEM foi planejado para implantação em três etapas, no período de cinco (5) anos, quando se tornará permanente. Na primeira etapa, realizada até 31/12/2007, a meta cumprida foi pesquisar e catalogar todos os espaços locais para utilização em competições esportivas e interação de grupos, além daqueles perdidos para a ocupação desordenada (loteamentos clandestinos) e especulação imobiliária; e a atualização das fichas de cadastros de todas as crianças, adolescentes, adultos (peladeiros) e oficineiros que já participavam do projeto, tendo havido a necessária descentralização das lideranças para a realização do trabalho. Foram levantados, também, os dados de quantas crianças, jovens e adultos haviam deixado o projeto, e os motivos do afastamento.

Na segunda etapa, a ser realizada até 31/12/2010, a meta a ser cumprida é pesquisar, identificar e incluir em uma das modalidades esportivas do Projeto, o mínimo de oitenta (80%) por cento das crianças e jovens entre 8 e 13 anos de idade, e aumentar em dez (10%) por cento a cada ano, o número de adultos, acima de quarenta (40) anos de idade, na modalidade de “peladeiros”.

Na terceira etapa, a ser realizada até 28/03/2012, a meta a ser cumprida, com o apoio desses beneficiários e dos empreendedores da região, é concluir a construção, no espaço do campo de futebol da Avenida Manuel de Assunção, de uma praça de esportes alambrada, com arquibancadas de cimento, vestiários com chuveiros, banheiros, pistas para prática de atletismo nas modalidades corrida, salto e arremessos, uma pista para prática de skate e um local para administração e guarda de equipamentos e materiais esportivos (bolas, rede, cordas e uniformes, entre outros), cuja administração e manutenção serão de responsabilidade da Associação Rede Esportiva Social (RES).

A principal dificuldade do PARUBEM tem sido a conscientização dos pais e responsáveis pelas crianças e jovens beneficiários, de que o projeto não é apenas uma “escolinha de futebol”, mas principalmente um meio de interação com o meio ambiente, onde seus filhos vivenciam momentos de orientação, lazer e práticas esportivas, convivendo com regras, disciplina e limites que, dificilmente, encontrarão em casa, em função da falta de estrutura familiar de muitos integrantes das comunidades locais.

Durante anos, a partir da fundação da Agremiação do Mila Futebol Clube, as atividades se limitavam à formação de jogadores de futebol, para disputa de torneios e campeonatos. Com a entrada da Associação de Moradores e Amigos da Avenida Coronel Manoel Assunção e Adjacências (AMACMA), em 2003, as atividades esportivas foram potencializadas com a introdução de conceitos e práticas de cidadania e de preservação ambiental. A manutenção, no PARUBEM, dos peladeiros, nos finais de semanas, resultou para muitos adultos, em uma oportunidade de lazer e prática de esportes com os filhos (mesmo com a pouca adesão).

Após a criação da Associação Rede Esportiva Social (RES), em 2007, a aptidão está dando espaço para a qualificação dos oficineiros envolvidos no PARUBEM. Os beneficiários do Projeto são convidados a participarem através de visitas nas casas de cada rua da região, e também nas escolas e eventos públicos realizados nas comunidades locais.As crianças e jovens incluídos nas práticas esportivas do Projeto recebem orientação social e ambiental pelos coordenadores e oficineiros.

O PARUBEM conta com diversas parcerias, públicas e privadas, para a realização de suas atividades, entre elas comerciantes locais, como a Gráfica Venda Nova, e associações patrocinadoras, como a ASPRA, que custeiam troféus, medalhas e material esportivo para os campeonatos e torneios.


Descrição dos Recursos

 A coordenação do PARUBEM é formada pelos representantes de cada uma das associações da Rede Esportiva Social (RES),que são lideranças comunitárias e pais de família com aptidão para o trabalho com crianças e adolescentes.

O projeto é desenvolvido no espaço do Campo de Futebol da Avenida Coronel Manuel de Assunção e entorno, e na sede da RES, que possui espaço para reuniões e um computador com acesso à internet.

Os custos anuais geram em torno de R$15.000,00 (quinze mil reais), entre uniformes, material esportivo, pagamento de oficineiros e divulgação de campeonatos e torneios e realização de eventos, arcados pelos patrocinadores e empreendedores do bairro Serra Verde e Adjacências. As taxas públicas, iluminação e ligações telefônicas são custeadas pelos associados da Rede Esportiva Social.


Descrição dos Principais Resultados

 O PARUBEM tem sido, desde sua implantação, a esperança de muitas famílias, onde pessoas, por viverem em condições de risco, abaixo da linha da pobreza, em região de alto índice de criminalidade, poderiam ser criminosos, mas hoje são engenheiros, policiais, professores, empresários, e, principalmente, cidadãos convictos de que o conhecimento do direito à cidadania deve ser repassado às futuras gerações.

Os beneficiários do PARUBEM estão, principalmente, motivados a se manterem afastados do tráfico e da criminalidade. As atividades do projeto têm mantidos os adultos longe dos bares e do consumo de bebidas alcoólicas.

A avaliação de resultados é feita no dia a dia, na observação continuada das crianças, dos jovens e dos adultos beneficiários do Projeto. A intervenção (conversa reservada, conversa com os pais e responsáveis e, se preciso, com o conselho tutelar da região) é imediata, para que não haja risco desses beneficiários desviarem seus caminhos por falta de diálogo, atenção, orientação e cuidados. Os casos são também analisados e discutidos nas reuniões da RES, para troca de experiências os coordenadores do projeto.

ATUALIZADO DIA 19/02/2011

APLICAÇÃO DA TERCEIRA ETAPA 12/06/2012

 INAUGURAÇÃO ESCOLA DE ESPORTES ATLETAS POR CRISTO//ASSOCIAÇÃO MILA!!

SOBRE O PROJETO PARUBEM (meu PArque, minha RUa, meu Bairro, nosso EMpreendimento), na  sua essência como em documento anexo foi uma experiencia elaborada concorrer para adquirir parceiros para continuar o seu desenvolvimento na FEIRA DO CONHECIMENTO DE SEGURANÇA PÚBLICA, na CONFERÊNCIA NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA em BRASÍLIA 2009, ficamos entre as 150 experiências do PAÍS, concorremos com FICA VIVO em minas, o FICA VIVO pertecente a ONG ELO foi adotado como política de prevenção pelo (GOV. DO ESTADO) recebe verbas destinados ao esporte, segurança pública, utiliza equipamentos públicos municipais.
        O PROJETO PARUBEM COMEÇOU A SER DESENVOLVIDO PELA COMUNIDADE DA REGIÃO DE VENDA NOVA a partir de 1972 de acordo com o documento sendo implementado até os dias atuais de acordo com os parceiros disponíveis (PODENDO SER DESENVOLVIDO EM ÂMBITO REGIONAL, MUNICIPAL, ESTADUAL E FEDERAL), UTILIZANDO OS ATORES LOCAIS, é um projeto DE SEGURANÇA PÚBLICA, ESPORTE (resgatando também o esporte popular jogo de finca, queimada, bolinha de gude entre outros), CULTURAL E SOCIAL, acontece através da otimização das AÇÕES PARA O BEM de associações organizadas ou não (IGREJA, CLUBES ESPORTIVOS AMADORES, ASSOCIAÇÕES COMUNITÁRIAS DE BAIRROS, GRUPOS ORGANIZADOS...), consiste além da otimização dos espaços públicos existentes na comunidade para a PRÁTICA ORDENADA na sua ocupação, a divulgação das ações existentes, DEMOCRATIZAÇÃO DE INFORMAÇÕES DE AÇÕES EXISTENTES DO GOVERNO.
        O PROJETO PARUBEM ENTENDE, QUE ESTANDO COM AS PESSOAS, CONSEGUE INSERIR CONCEITOS DE CIDADANIA!
        QUANTO A PARCERIA no momento no núcleo existente REGIÃO VENDA NOVA, necessita-se da disponibilização de recursos para custeio dos monitores, até que o projeto se sustente com seus parceiros (padrinhos e madrinhas) que estão aderindo o projeto; posterior e possamos ampliar suas atividades na região, em outras regiões de BH, MG, BRASIL...!
        No momento pessoas envolvidas no projeto:
COORDENAÇÃO GERAL - SHESTER E LUIZ CARLOS
MONITORES- ROBERTO, EDINILSON, MARCOS, GLEISON, RONALDO, ELIAS.
DESIGNE: SITE - FRANK 

ATINGIDOS COMUNIDADE LOCAL (NÚCLEO COM 120 CRIANÇAS+/-120 FAMÍLIAS)
META COMPLEMENTAR A LONGO PRAZO NA REGIÃO, IMPLANTAÇÃO DE UMA PRAÇA DA JUVENTUDE!

PARCEIROS - IGREJA BATISTA SHEKINAH, ASSOCIAÇÃO MILA FC, ASSOCIAÇÃO REAL MINAS, AMACMA, VERDE É VIDA, IGREJA CATÓLICA.

TODOS PARCEIROS COMERCIAIS SÃO ANUNCIADOS TAMBÉM NO SITE:


CONTATO SHESTER LANE DE SOUZA 9906-0285// LUÍZ CARLOS 9663-5872

APLICAÇÃO DA QUARTA ETAPA - 10/05/2014

 INAUGURAÇÃO DA CONSTRUÇÃO DO RECANTO PARUBEM - RAVENA-MG!!

        SOBRE A INAUGURAÇÃO DA CONSTRUÇÃO DO RECANTO PARUBEM EM RAVENA - MG, FOI UMA PARCERIA FEITA DA REDE ESPORTIVA SOCIAL COM OS DOADORES DO PROGRAMA, QUE ALUGARAM UM ESPAÇO NO CONDOMÍNIO NOVA CANAÂ (A PRINCÍPIO UM ESPAÇO DE 2600 M² (PODENDO SER AMPLIADO DE ACORDO COM A NECESSIDADE DO PROJETO), ONDE SERÁ DESENVOLVIDO ATIVIDADES RELACIONADAS COM O PROJETO (CURSOS, CLÍNICA NATURAL, CULTIVO DE PLANTAS FRUTÍFERAS, ORNAMENTAIS..., LOCAL PARA ACAMPAR, CULTOS RELIGIOSO, ESPAÇO FAMÍLIA)!

COORDENADORES: CONTATO SHESTER LANE DE SOUZA 9906-0285// LUÍZ CARLOS 9663-5872

ATUALIZADO DIA 20/05/2014


Comments